ATENDIMENTO PLEION: (11) 4162.6210

Garantia de qualidade em plásticos para o seu negócio

Pague em até 48X no cartão BNDES

Veja os artigos completos em nosso blog.

15/03/2017 - 14:53
Como organizar o guarda-roupa? De tempos em tempos nos fazemos essa pergunta. Se você tem um closet espaçoso, certamente não tem muitos problemas para mantê-lo em ordem. No entanto, quando se trata de um armário mais compacto, a missão é complicada. A boa notícia é que com um pouco de boa vontade, organização e alguns itens, é possível concluir essa missão com sucesso. Pensando nisso, a Pleion separou uma série de dicas para manter o móvel limpo e arrumado, acompanhe: Como organizar o guarda-roupa em 16 passos 1 – Reserve algumas horas para a tarefa, escolha um look confortável e mãos à obra; 2 – Tire todas as peças, sapatos e acessórios e espalhe sobre a cama. Não esqueça de setorizar os itens para facilitar a arrumação; 3 – Separe as roupas que não usou nos últimos meses e doe. Deixe uma caixa apenas para essa finalidade; 4 - Se tiver dúvidas sobre o destino de algum traje, selecione e decida depois; 5 – Limpe o guarda-roupa. Tire o pó e passe um pano úmido com vinagre de vinho branco. A solução ajuda a eliminar o mofo; 6 - Defina o que será pendurado e organize nos cabides. Para liberar espaço, nas estações mais quentes guarde as peças mais pesadas em outro lugar. No frio, inverta as posições. Utilize os aéreos do móvel e, se preferir, acomode o vestuário em caixas plásticas organizadoras. 7 - Coloque nos cabides apenas os trajes que mais amassam ou que são mais difíceis de dobrar, como camisas, saias e vestidos; 8 - Separe as camisas por cores para não perder muito tempo procurando as peças quando quiser usar; 9 - Para guardar os sapatos use as caixas dos próprios calçados ou saquinhos de TNT com faixa transparente para identificação; 10 - Pendure os lenços e cintos em cabides ou use a parte interna da porta do armário; 11 - Escolha uma parte para acomodar suas bolsas. Para não deixá-las espalhadas, use caixas organizadoras plásticas com tampa; 12 - Antes de organizar as gavetas, visualize onde irá acomodar cada tipo de peça. A dica é escolher uma para as roupas íntimas e meias, outra para as camisetas e blusinhas, shorts e assim por diante; 13 - Invista em organizadores para arrumar a gaveta destinada às lingeries. Assim, é mais fácil manter a organização por mais tempo, além de identificar as peças com mais facilidade; 14 - Para não perder tempo procurando combinações de roupas de cama, coloque os lençóis dentro das fronhas. Além de ser mais prático, você economiza espaço no armário. 15 - As gavetas com rodinhas localizadas embaixo da cama são ótimas opções para acomodar toalhas, lençóis e cobertores. Quer receber mais dicas de organização? Continue acompanhando as nossas atualizações!

Categoria: Dicas
Postado por: pleion
17/02/2017 - 13:32
Carnaval é sinônimo de alegria, festa, diversão, calor e, claro, bebida gelada. Não importa se a sua preferência é por água, suco, refrigerante ou outro drink. Ninguém merece tomar bebida quente em pleno verão, principalmente se for cerveja. Na Alemanha pode até ser comum consumir o drink em temperatura ambiente, mas aqui no Brasil, a “breja”, como é popularmente conhecida, precisa ser estupidamente gelada. Pensando nisso, a Pleion separou algumas dicas para armazenar e gelar garrafas e latas. Assim, você vai poder aproveitar a festividade bem hidratada, seja em uma festa, nos blocos de rua, à beira da piscina ou na praia. A seguir, veja como manter as bebidas geladas no carnaval: 1 – No bloco de rua Se você pretende curtir a folia atrás do bloco, a dica e levar bolsas térmicas com um pouco de gelo. Para carregar, reveze com os amigos. O item também é útil para carregar lanches e frutas. 2 – Na praia Quem vai passar o feriado curtindo um sol na praia com a família e amigos pode apostar nas coolers térmicas ou isopores. Ambos mantêm a bebida gelada por seis horas ou mais e, por serem maiores, armazenam 12, 24 ou 48 latinhas, dependendo da opção escolhida. 3 – Festas Nas festas você pode utilizar baldes de gelo ou recipientes maiores de plástico e espalhá-los por alguns lugares estratégicos. Se o evento for para muitas pessoas, concentre todas as bebidas em um freezer e as transfira para outros reservatórios aos poucos. 4 – Piscina A ideia é passar o dia tomando sol e aproveitando a piscina? Que tal usar recipientes de plástico com alças que facilitam a locomoção e promovem mais segurança? A Pleion possui uma Bacia Multi-Uso Bioprátika, ideal para esses eventos. Além de manter a bebida gelada, o recipiente é mais prático do que os recipientes comuns, que cabem poucos itens. Basta acomodar latas e garrafas, acrescentar gelo e curtir o carnaval em grande estilo. Saiba mais sobre a Pleion! E, para quem curte uma cervejinha e quer aprender como fazer para ela gelar mais rápido e, de quebra, manter a temperatura por mais tempo, basta misturar água, sal, álcool e gelo. O sal se dissolve com facilidade na água, reduzindo seu ponto de congelamento, que normalmente (pura) congela a 0°C. Já o álcool é usado porque quando a temperatura fica abaixo de -9 °C, o sal perde um pouco do efeito, mas o álcool não. O resultado disso é uma cerveja geladinha em menos de 5 minutos. E aí, gostou das nossas dicas? Então, clique no botão abaixo e receba as nossas novidades e promoções!

Categoria: Dicas
Postado por: pleion
10/01/2017 - 10:51
São muitas as tarefas que envolvem a gestão de um restaurante. E todas elas são fundamentais para o sucesso do negócio. Porém, algumas funções, principalmente as concentradas atrás do balcão, são vistas como secundárias, quando, na verdade, deveriam ter igual ou maior importância, como o controle de estoque. Registrar a entrada e saída de alimentos pode ter uma papel decisivo nas contas no final do mês. Afinal, o gerenciamento de compras ajuda a eliminar custos desnecessários que, de certa forma, interferem na qualidade e lucro do estabelecimento. Alimentos com o data de validade vencida, quebras e produtos comprados em excesso são apenas algumas das situações que podem ser controladas com um inventário. A contagem pode ajudar a aumentar a margem de lucro do food service e, de quebra, alavancar a eficiência dos serviços realizados na cozinha. Veja algumas dicas de como aprimorar o controle de estoque do seu restaurante! 5 Dicas para não errar no controle de estoque 1 - Classificação de produtos Organizar todas as mercadorias por categoria é o primeiro passo para o controle de estoque. Os itens podem ser separados de forma genérica, como bebidas, carnes e peixes, enlatados, conservas, verduras, legumes e assim por diante. 2 – Armazenamento e organização A forma de armazenamento é fundamental para manter os alimentos em boas condições, protegidos de bactérias e sujeiras e organizados de uma forma inteligente.  Coloque os produtos mais perto do prazo de validade e os mais usados alinhados em locais estratégicos. É importante salientar que a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) impõe algumas regras na estocagem de alimentos. Uma delas aponta que os locais destinados aos produtos devem estar rigorosamente lavados e desinfetados. Mantenha as mercadorias afastadas, pelo menos 10 cm da parede e 60 cm do teto, para permitir a circulação de ar e empilhe o estoque de forma alinhada e em uma altura que não prejudique as características dos produtos. Uma boa dica é substituir as caixas de madeira pelas de plástico, como as caixas empilháveis, que podem ser higienizadas com mais facilidade. Além de manter o ambiente organizado, ajuda a diminuir o número de quebra de mercadorias.  3 - Faça estatísticas da movimentação Todos os números são importantes na administração de um estabelecimento. Portanto avalie mensalmente ou semanalmente a saída e entrada dos produtos. Registre quais vendem mais e preste atenção aos detalhes, como o período. Alguns mantimentos saem mais em uma época do ano, mas estagnam em outras. 4 - Estabeleça procedimentos de controle de estoque Para evitar erros é fundamental redefinir processos internos. Utilize um sistema de gestão e dê baixa toda vez que um produto for vendido ou utilizado.  O sistema também ajudará a analisar o que precisa de reposição. 5 - Faça inventário regularmente A contagem do estoque é demorada, trabalhosa e exige a colaboração de toda a equipe para que tudo saia bem. Porém, é uma tarefa essencial para manter os números atualizados e evitar prejuízos. O ideal é fazer uma vez por mês e não avisar a data, para que alguns funcionários não consigam manipular algum detalhe de funcionamento. A ideia é ajustar todos os processos e controlar a qualidade, recebimento e saída de mantimentos, aumentando a margem de lucro do seu negócio. Quer receber mais dicas? Assine a nossa newsletter!

Categoria: Dicas
Postado por: pleion
19/12/2016 - 11:31
Otimizar o espaço e manter a casa arrumada é um desafio e tanto, mas com a ajuda de alguns itens, como cestas e caixas organizadoras de plástico, é possível concluir a tarefa com tranquilidade e ainda dar um toque especial na decoração. Úteis em diversos cômodos, como despensa, cozinha, sala e quartos, os utensílios deixam os espaços mais funcionais e não comprometem a aparência dos ambientes. Uma das principais vantagens de utilizar caixas organizadoras é a variedade de tamanhos e modelos, que podem ser escolhidas de acordo com o gosto e finalidade. Os itens de plástico, por exemplo, são ideais para guardar objetos que precisam de uma identificação rápida. A seguir, veja algumas dicas de como arrumar cada cantinho da sua casa e que tipos de pertences guardar nos organizadores. Itens que podem ser armazenados em caixas organizadoras de plástico Cada parte da casa tem as suas particularidades. Por isso, separamos os artigos que podem ser dispostos nos organizadores de acordo com cada cômodo. Acompanhe: 1 – Quarto infantil Se você tem crianças em casa, a dica é usar caixas organizadoras multi-uso, que são maiores e possuem profundidade para guardar os brinquedos dos pequenos. Geralmente, após a brincadeira, é comum ver peças de jogos, carrinhos e bonecas espalhados pela casa. Concentrar os objetos de diversão em um só lugar é prático e fácil. Além disso, as crianças podem aprender com facilidade a arrumar a caixa de brinquedos. 2 – Quarto Adulto Peças de roupas sazonais, documentos, fotos, cintos e outros itens podem ser armazenados em caixas. No nosso post “Otimize o espaço do quarto com caixas plásticas organizadoras” você pode encontrar mais dicas para deixar o seu quarto ordem por mais tempo. 3 – Banheiro O banheiro é o cantinho mais íntimo da casa e precisa estar limpo e organizado. Por ser um cômodo, geralmente, menor, em comparação aos outros, fica mais difícil acomodar todos os produtos e acessórios necessários. Os materiais de higiene podem ser dispostos em cestas e caixas, assim como algumas toalhas de rosto. Para os pais com crianças em casa, a dica é colocar os brinquedos de banho em uma caixa plástica transparente, que além de útil, seca rápido, mantendo o ambiente organizado. 4 – Despensa As despensas normalmente são pequenas, mas mesmo que seja um espaço no armário da cozinha, ela precisa de ordem. E as caixas organizadoras de plástico são ideais para essa finalidade. Se quiser dicas de como manter esse cantinho arrumado, clique aqui! 5 – Sala Local de muita circulação, a sala é um dos cômodos que mais preocupam os anfitriões. Uma opção para evitar pertences jogados é colocar uma caixa coletora de bagunça, principalmente se você mora em um sobrado. Livros, Cds e documentos também podem ser guardados em caixas organizadoras de plástico com tampa, que podem ser acomodadas em estantes. Quer receber mais dicas? Assine a nossa newsletter e continue acompanhando as novidades e promoções!

Categoria: Organização Doméstica
Postado por: pleion
Armazenagem
Autossuficiência
Planejamento
ISO 9001:2008
Estoque permanente para fornecimento contínuo, pontualidade e agilidade para você.